TELEFONES DE EMERGÊNCIA

229 390 500 / 968 122 762

APOIO AO CLIENTE

TELEFONES DE EMERGÊNCIA

229 390 500 / 968 122 762

APOIO AO CLIENTE

MEDIDAS ADOTADAS FACE AO SURTO DE COVID-19

Na Cepsa, o nosso primeiro compromisso é para com a segurança e a saúde, e trabalhamos com o objetivo de garantir um ambiente seguro para os nossos funcionários, clientes e fornecedores.

Na Cepsa, o nosso primeiro compromisso é para com a segurança e a saúde, e trabalhamos com o objetivo de garantir um ambiente seguro para os nossos funcionários, clientes e fornecedores.
Por isso, no âmbito do surto de COVID-19, a Cepsa conta com um comité de resposta.

A empresa e todas as suas áreas de negócio dispõem de planos de continuidade de negócio, para assegurar a manutenção da sua atividade.
Todos os negócios da empresa estão a acompanhar a procura dos clientes.
Desde o início da propagação do vírus, a empresa tem trabalhado em permanente coordenação com as autoridades dos diferentes países onde opera.

Neste sentido, estão a ser adotadas medidas em três domínios distintos:

        1. Locais de trabalho: Medidas adotadas no contexto de trabalho para reduzir a propagação da COVID-19, reforçando as medidas de limpeza em todos os centros, especialmente nos pontos de venda.
        2. Organizacionais: Medidas adotadas para modificar as práticas habituais no trabalho, de forma a ajudar a reduzir a propagação da COVID-19, restringindo as viagens, as reuniões e as ações de formação presenciais.
        3. Comportamentos individuais: Divulgação das medidas a adotar no plano pessoal para limitar a propagação da COVID-19, reforçando a recomendação de medidas higiénico-sanitárias.
        4. Distribuição de combustíveis e combustíveis – Operações de descarga nas instalações dos clientes: Medidas adotadas para evitar a propagação do vírus, mantendo a distância de segurança entre as pessoas, usando luvas de trabalho e manuseando o menor numero possível de elementos.
        5. Postos de abastecimento: para impedir a propagação do coronavírus, os postos de abastecimento da Cepsa entrarão progressivamente no modo de autosserviço. Os trabalhadores dos nossos postos de abastecimento atenderão nas lojas ou nas caixas exteriores.

Além disso, e em linha com a estratégia de conciliação da empresa, a Cepsa implementou várias medidas de flexibilidade horária e de teletrabalho entre os seus profissionais, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias.

A Cepsa vai continuar a monitorizar permanentemente a evolução da situação, para assegurar uma resposta adequada com vista a proteger a saúde, garantir o fornecimento e contribuir para a contenção da propagação do vírus.