Logo CEPSA

Info Lubrificantes

Info Lubrificantes

O petróleo bruto ou crude tal como é extraído do subsolo não é utilizável para aplicações industriais e de automotive. Para isso terá que ser submetido a tratamentos especiais nas refinarias, onde se obtém uma grande variedade de produtos. Dentro destes produtos, os que se aplicam para a fabricação de lubrificantes são os denominados óleos base e que podem ser:

Minerais: Obtidos diretamente do petróleo bruto ou crude. São os de uso mais abrangente.

Sintéticos: Fabricados com bases que provêm de transformações químicas complexas ou de síntese.

Semi-sintéticos: Mistura dos dois anteriores.

Assim, um óleo lubrificante é um produto formado por um óleo base, geralmente derivado do petróleo bruto, e/ou aditivos (compostos que se incorporam, em pequenas quantidades, aos óleos base para se obter o lubrificante final com o nível de qualidade e tipo de aplicação desejado).

Os aditivos mais importantes são:

  • Antioxidantes.
  • Antiferrugem.
  • Detergentes.
  • Dispersantes.
  • Melhoradores do índice de viscosidade.
  • Antidesgaste.
  • Melhoradores do ponto de fluxão.

As características físico-químicas mais importantes dos lubrificantes são:

  • Cor.
  • Viscosidade.
  • Índice de Viscosidade.
  • Densidade.
  • Ponto de Inflamação.
  • Ponto de Combustão.
  • Ponto de Fluxão.
  • Extrema Pressão.
  • Desaerificação.
  • Desemulsibilidade.
  • TBN.

A qualidade e prestação dos lubrificantes são dadas pela qualidade das bases utilizadas, a Tecnologia dos aditivos utilizados e as características físico-químicas dos lubrificantes finais.

Para mais informação consulte o nosso glossário e a página de Perguntas mais frequentes.

Quanto ao tipo de aplicação, os óleos mais importantes são:

  • Óleos para motores a 2 - 4 tempos.
  • Óleos para transmissões e caixas de velocidades.
  • Óleos para usos industriais.
  • Óleos de Marinha.
  • Massas Lubrificantes (rolamentos e chumaceiras).

Os lubrificantes reduzem o atrito entre duas superfícies em contacto com movimento relativo, além de realizarem outras funções primordiais para o eficaz funcionamento dos equipamentos: vedar, refrigerar, proteger, limpar.